Centro Budista Jardim do Dharma

Jardim do Dharma é o nome em português do centro fundado em 1993 pelo Ven. Lama Trinle Drubpa e pelo Prof. Roque Enrique Severino (Naljorpa Karma Zopa Norbu), representando as Gloriosas Linhagens Karma Kagyu e Shangpa Kagyu do Budismo dos Himalaias.

OS BENEFÍCIOS EM CAMINHAR AO REDOR DAS STUPAS

  • A Stupa há muito é um poderoso símbolo budista, uma manifestação pura da iluminação. Construída de acordo com os princípios universais e dotada do conhecimento transmitido através das linhagens budistas, as stupas promovem harmonia e equilíbrio no mundo. Aumentada muitas e muitas vezes pelas relíquias seladas dentro delas, sua habilidade de desarmar as forças do caos e da negatividade podem amenizar os males do corpo e da mente, elevar a consciência e evitar desastres naturais. Para aqueles harmonizados com seu significado, as stupas podem transmitir o poder da iluminação. Consagrada pelas bênçãos das linhagens iluminadas, a stupa transforma as oferendas em mérito que abre o caminho espiritual e desperta a aspiração por realização. Não oferecendo lugar algum para o ego se estabelecer, a stupa é um receptáculo puro para a devoção e a prece dirigida à paz e à harmonia entre os seres vivos. Ela promove ordem na natureza e no grande cosmos, protegendo-nos de desastres e curando as inquietudes do coração humano. Dentro de sua amplitude de bênçãos o sofrimento se dissolve, e a compaixão começa a surgir. Da compaixão surge bodhicitta, o coração da iluminação. O Swayambhupurana descreve o surgimento da stupa cósmica primitivo e seu aparecimento durante os éons em um campo de Buda após outro, desde os tempos do Buda Vipashyin até o tempo do Buda Shakyamuni. Embora o Swayambhu de nossos dias esteja situado no Nepal, o texto claramente se refere à stupa como Dharmadhatu, além de todos os conceitos de tempo e espaço

    Circundando Stupas

    Os sutras explicam os benefícios de fazer circunvoluções, mantê-las e embelezá-las com oferendas de ouro, flores, incenso e devoção. Ao fazê-lo, honra-se a semente preciosa da iluminação inerente em nós e nos outros e enriquece o solo em que ela pode crescer. Os versos que se seguem são uma tradução de Caitya-pradaksina-gatha, mantidos no Kangyur, na seção do Cânone Budistas, a área do Cânone Budista dedicada aos ensinamentos diretos do Buda.

    Homenagem às Três Jóias
    Depois que o Buda, Aquele de Grande Sabedoria, girou a Roda do Dharma no mundo, o sábio Shariputra humildemente perguntou: “Quais são os resultados obtidos por andar ao redor de uma stupa? Que o guia do supremo universo deste grande kalpa possa me responder.”
    O perfeito Buda, supremo entre os seres, o Iluminado, concedeu esta resposta: “Eu vou indicar algumas das qualidades que se obtêm fazendo circunvoluções em stupas.”

    “Quando você circunda a stupa, será honrado por deuses, yaksas, gandharvas e asuras, por garudas, kinnaras e mahoragas."

    “Uma vez que você consiga um tempo livre, demasiado raro, e circunde uma stupa mesmo que por muito pouco tempo, os oito estados adversos não mais estarão.”

    “Circundar uma stupa terá este resultado: atenção plena e percepção clara; uma aparência e inteligência radiantes; e você será honrado em todos os lugares.”

    “Circundar uma stupa terá este resultado: uma vida muito longa – uma vida inteira mais como a de um deus – na qual você obterá grande renome.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: renascimento em Jambuling em uma família de linhagem preciosa e mente virtuosa.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você vai ser puro como a neve, você vai ser bom, radiante e sábio, e você vai levar uma vida feliz.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: riqueza de todo tipo; libertação da ganância, generosidade e alegria de viver.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você será um verdadeiro deleite, belo de se admirar, radiante, uma alegria de se ver, e dotado de grande alegria de viver.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você verá todo o processo de percepção como vazio e, finda a confusão sobre o dharma, você obterá rapidamente o estado de bem-aventurança.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você renascerá em uma linha imperial de reis com um círculo de atendentes femininas, e você terá grande força e perseverança.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você renascerá no grande reino superior de Brahma, onde você possuirá auto-disciplina, profunda compreensão e conhecimento de rituais de cura.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você renascerá no reino superior de Grihapati, dotado de todos os tipos de riquezas e fartura de grãos e jóias.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você renascerá como um senhor de Jambuling, com um domínio que se estenderá até os confins da Terra, e você será um rei do Dharma.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você renascerá como um rei Cakravartin, possuindo os sete suportes mais preciosos para um rei; portanto, você girará a roda do dharma.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: depois da morte, você passará para os reinos mais elevados; rejubilando-se na doutrina de Buda, você será um iogue e um operador de milagres.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você passará do reino dos deuses para renascer no reino humano, e entrará em um útero com propósito claro.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você nunca será prejudicado pelas contaminações que derivam das condições do útero – você será como a mais pura das gemas preciosas.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você habitará alegremente o útero, você nascerá facilmente, e alegremente você beberá no seio.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: você terá um pai que garantirá a você os melhores cuidados por muitos atendentes e uma babá que esteja sempre atenta.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: seus parentes o adorarão, amando-o até mais que seus pais. E à medida que crescer, sua alegria crescerá constantemente.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Comedores de carne e outros seres demoníacos não machucarão você, e você terá uma vida de perfeito desfrute.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Por cem kalpas seu corpo será perfeito, você nunca será aleijado ou cego.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Seus olhos se tornarão totalmente puros: grandes, cor de safira e bonitos como os olhos dos deuses.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Tanto seu corpo quanto sua mente serão equilibrados, terá firme determinação e seus ombros serão largos e seguros.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Seu corpo será poderoso e moldado perfeitamente, com características admiráveis.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você se tornará Indra, Senhor dos Trinta e Três – aquele que possui habilidades miraculosas, o grande Senhor dos Deuses.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você se tornará o rei dos deuses do paraíso chamado Yama ou Tushita ou do paraíso Nirmanarati ou Paranirmita-vasavartin.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você obterá os poderes do próprio Brahma no mundo de Brahma e será adorado por muitas dezenas de milhões de deuses.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Por mil vezes dez milhões de kalpas – e cem vezes cem bilhões mais – você será dotado de sabedoria e será sempre honrado.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Por mil vezes dez milhões de kalpas, seu corpo e vestimenta serão puros conforme praticar o imaculado dharma.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você ganhará força e vitalidade perfeita e, deixando a preguiça de lado, obterá as supremas realizações.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você se tornará decidido e dinâmico; com imensa habilidade, não havendo nada que o obstrua, rapidamente atingirá os mais altos desígnios.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você obterá uma voz melodiosa, de altura agradável e entoação doce. Você nunca será prejudicado e estará livre de doenças.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você atingirá rapidamente o estágio de Professor Iluminado assim como eu mesmo, e obterá renascimento como um grande sábio.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você em breve obterá as quatro fundações da mente plena, os quatro incomensuráveis da mente e os poderes da base da Habilidade Miraculosa.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você realizará as Quatro Nobres Verdades, os poderes, forças e o fruto dos ramos da iluminação.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você obterá os seis superconhecimentos, imaculados, tendo se desvencilhado de todas as limitações emocionais, e se tornará um Arhat operador de milagres.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Tendo se livrado do desejo e ódio e tendo renunciado a todos os seus atendentes, obterá a iluminação de um Pratyekabuda.”

    “Cincundar uma stupa trará este resultado: Você será ornamentado com as marcas dos Tathagatas manifestados no mundo e obterá um corpo de tonalidade dourada.”

    “A circunvolução é um ato físico; a circunvolução é também um ato da fala; a circunvolução é um ato da mente; a circunvolução instiga a aspiração pela iluminação. Pela circunvolução, você atinge seus objetivos em todos os estágios de bem-aventurança tão difíceis de percorrer.”
    “Ó, sábio, o benefício daqueles que alegremente oferecem lâmpadas de manteiga a uma stupa de Buda não pode ser comparado aos benefícios de se ter cem mil vezes dez milhões de medidas de ouro do rio de ouro de Jambu.”
    “Ó, sábio, o benefício daqueles que alegremente oferecem bandeiras, estandartes e parassóis da vitória para a stupa de Buda não pode ser comparado ao benefício daqueles que possuem cem mil grandes montanhas de ouro.”
    “Não há diferença entre o mérito daqueles que fazem oferendas enquanto eu estou aqui e daqueles que fazem oferendas depois do meu nirvana, se suas intenções virtuosas forem as mesmas.”
    “Tal é o inconcebível Buda; Assim também o inconcebível Budadharma;
    para aqueles com fé no inconcebível, inconcebíveis são os resultados.”

    Isso completa os versos sobre circundar a stupa, conhecido em sânscrito como o Caitya-pradaksina-gatha e em tibetano como mChod-rten bskor-ba’i tshigs-su bcad-pa.