Centro Budista Jardim do Dharma

Jardim do Dharma é o nome em português do centro fundado em 1993 pelo Ven. Lama Trinle Drubpa e pelo Prof. Roque Enrique Severino (Naljorpa Karma Zopa Norbu), representando as Gloriosas Linhagens Karma Kagyu e Shangpa Kagyu do Budismo dos Himalaias.

Benção das águas nos oceanos do Brasil.

  • No dia 21 de janeiro pela tarde estivemos com Lama Nawang e Lama Zopa Norbu em Florianópolis frente a ilha do Campeche, acompanhados pelo Renato, Ana e Raul Rocha junto a família dos primeiros pescadores que nasceram nesta região.
    A Ilha do Campeche é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), é considerada Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional. Além disto escolhemos este lugar pelo fato de que nestas águas as baleias, os golfinhos assim como os pinguins vem da Antártida para procriar nestas águas tornando as mesmas um santuário natural.

    A história desta cerimonia
    Quando o Vem.Lama Nawang estava realizando um seminário na Dinamarca, uma aluna chinesa lhe entregou um vidro com inscrições feitas a fogo impressa dos dois lados do vidro.
    Estas inscrições foram feitas num mosteiro tibetano do Tibete central.
    As inscrições gravadas neste vidro são mantras e preces dirigidos a abençoar os seres das aguas para que quando lhes chegue o momento de passar para outra existência eles possam diretamente renascer no paraíso do Potala ao lado do Senhor da Compaixão Chenresig.
    Lama Nawang pensou que poderia vir a cidade de Santos que ele já conheceu noutra de suas visitas ao Brasil, porem foi surpreendido pela nossa decisão de traze-lo a Florianópolis.
    Quando comentamos aos nossos irmãos Ana e Renato de nossa vontade de abençoar os seres do mar, se organizou espontaneamente entre todos os pescadores da região uma campanha para realizar a cerimonia neste local tão importante e sagrado.
    Num momento da cerimonia todos os presentes realizaram pedidos de seus desejos e ao fim da mesma todos se sentiram enormemente agradecidos pela única oportunidade de participar dalgo tão sagrado. Ou seja, desde o Tibete central, viajando pelo mundo, chegou ao Brasil um objeto de poder místico que agora repousa no fundo do mar no lugar mais especial possível.

    Que todos os seres sejam beneficiados!!!!